Hospital-Dia – Cuidado e eficiência na assistência

INÍCIO | NOTÍCIAS | Hospital-Dia – Cuidado e eficiência na assistência

Hospital-Dia – Cuidado e eficiência na assistência

Modelo de assistência que permite alta médica no mesmo dia pode ser aplicado para cirurgias de baixa e média complexidade

Muitas vezes pensar em uma cirurgia causa certa aflição nas pessoas, ainda mais com a possibilidade de internação por vários dias, sem contar a maior suscetibilidade às infecções hospitalares. O que muitos também desconhecem é a praticidade de procurar uma instituição de saúde para tratar ou operar algo simples e mais, receber alta médica no mesmo dia.

Pacientes que necessitam de cirurgias de baixa ou média complexidade têm à sua disposição uma modalidade de atendimento que lhes permite dar entrada na instituição de saúde, passar pelo procedimento cirúrgico e pouco tempo depois serem liberados. Na verdade, esse “pouco tempo” é definido – vale para procedimentos em que os pacientes precisarão permanecer sob cuidados da instituição por apenas algumas horas, na maior parte dos casos, ou até 3 dias, se necessário.

Esse regime de assistência intermediária entre a internação e o atendimento ambulatorial para realização de procedimentos clínicos, cirúrgicos, diagnósticos e terapêuticos chama-se Hospital-Dia. No Sistema Único de Saúde (SUS) da cidade de São Paulo (SP), por exemplo, o Hospital-Dia integra a Rede Hora Certa. Mas diversos hospitais particulares também trabalham com essa modalidade.

A redução do tempo de internação traz consigo a diminuição do risco de infecções hospitalares, além de ser um sistema menos custoso. Entre as cirurgias comumente oferecidas neste âmbito estão plásticas, dermatológicas, urológicas, ginecológicas e ortopédicas. Também é possível fazer administração de medicamentos, exames de termografia ou termometria e colonoscopia com preparo hospitalar.

Como funciona

O início do atendimento no Hospital-Dia é orientativo, momento em que o paciente recebe informações e realiza os procedimentos pré-cirúrgicos. Em seguida, ele é encaminhado à sala de cirurgia, retorna ao Hospital-Dia para se recuperar da anestesia e então recebe alta médica.

O regime de Hospital-Dia pode ser oferecido por hospitais convencionais ou por aqueles especificamente destinados a esse tipo de procedimento. Em ambos, os níveis de segurança e atendimento são possuem a estrutura necessária para os procedimentos a que se destinam. O uso dessa modalidade de atendimento acarreta em maior produtividade da cadeia de saúde, menores custos operacionais para as instituições e resultados mais eficientes para a sociedade.

Estrutura

Sinalização: Toda a área reservada ao Hospital-Dia deve ser funcional e bem sinalizada. Todas as salas e setores devem ser identificados com placas claras e visíveis. Tudo precisa ser planejado para que os atendimentos sejam rápidos, eficientes e práticos. Além disso, o local precisa ser seguro e informativo também para os pacientes.

Inclusão: É necessário que o ambiente seja inclusivo para pessoas com deficiência. Monitores grandes e com áudio, placas em braile e rampas devem estar presentes para facilitar o acesso e a busca por ajuda. É essencial que exista organização e controle sobre todos os aspectos.

Higienização: A limpeza, a incineração de lixo e a esterilização de materiais precisam ser realizados em cada turno para que as chances de infecções sejam evitadas ao máximo.

Desospitalização

O modelo de atendimento oferecido pelo Hospital-Dia reforça a tendência da desospitalização, tema que vem ganhando cada vez mais destaque na saúde e é amplamente discutido no âmbito acadêmico. A desospitalização está associada à humanização e oferece aos usuários uma recuperação mais rápida em casa buscando racionalizar a utilização dos leitos hospitalares. A desospitalização é uma tendência mundial para assistência domiciliar como uma estratégia que vem sendo implementada nos hospitais. O Hospital-Dia ajuda ainda a reduzir custos com assistência em saúde e permite priorizar os leitos hospitalares para patologias agudas ou descompensadas.

Vidia Assessoria
× Tem dúvida? Me chama pra conversar!